Equipamentos e Sistemas Elétricos

Esse Fator de Risco é usado para avaliar os riscos associados aos sistemas elétricos e equipamentos, incluindo máquinas elétricas e aparelhos elétricos portáteis. O sistema elétrico é definido como se estendendo desde o fornecimento de energia pela concessionária até a última ligação antes do equipamento elétrico ou de aparelhos portáteis.

Equipamentos elétricos defeituosos, sobrecarregados, inadequados ou com manutenção inadequada são uma das causas mais comuns de incêndios. As fontes elétricas são frequentemente citadas como a base de grandes incêndios. A NFPA dos EUA atribuiu 10% dos incêndios não residenciais às causas elétricas.

O QUE PROCURAMOS?

Exposições

  • O tipo, quantidade e extensão dos equipamentos elétricos que pode causar ou contribuir para um incêndio.
  • Sistemas elétricos que representam um grau incomum (maior ou menor) de exposição para uma empresa com atividade similar.

Controles

  • Inspeções periódicas, visuais e registradas. Frequência adequada à idade de sistema, o tipo de equipamento e condições ambientais. As inspeções têm por objetivo identificar e gerenciar sistemas com condições tais como:
    • Interruptores, cabos ou equipamentos antigos •Sinais de danos ou em mau estado
    • Circuitos sobrecarregados
    • Componentes inadequados para a ocupação (por exemplo, umidade e corrosão)
    • Proteção física inadequada (guarda)
    • Exposições de materiais combustíveis perto dos equipamentos
    • Acúmulo de poeiras ou resíduos oleosos
    • Disposição ou configurações inadequada de iluminação
    • Identificação do tipo de lâmpadas de descarga de alta intensidade “S” (lâmpadas que não cumprem a Norma ANSI C78.398 para testes de contenção) em luminárias abertas
  • Teste anual do sistema elétrico, tais como:
    • Teste termográfico
    • Teste do fluido dielétrico para transformadores (quando apropriado)
  • Manutenção de máquinas elétricas e aparelhos portáteis
    • Atividades abrangentes com escopo e frequência baseados nas recomendações do fabricante
    • Substituição das lâmpadas de descarga de alta intensidade do tipo “O” (lâmpadas que cumprem a Norma ANSI C78.398 para testes de contenção) antes de atingir a expectativa de vida estimada
    • Substituição ou fechamento das lâmpadas de descarga de alta intensidade do tipo “S” em luminárias abertas
  • Programas para garantir a segurança permanente de sistemas elétricos, tais como:
    • Limitar o uso de cabos de extensão
    • Desenergização semanal de lâmpadas de alta de alta intensidade do tipo ‘O’ em luminárias não fechadas

IDEIAS PARA MELHORIA DO RISCO

  • Implantar um programa de inspeções periódicas, visuais e registradas, com base na idade do sistema, equipamentos e condições ambientais.
  • Realizar testes regulares dos sistemas elétricos, incluindo teste termográfico e teste de fluido dielétrico dos transformadores, se for o caso.
  • Manter equipamentos elétricos e ter um programa de teste para aparelhos portáteis.
  • Implantar um programa de gestão para verificar o uso correto de aparelhos elétricos, desligar equipamentos elétricos quando não for necessário.
  • Escolher empresas prestadoras de serviços qualificadas para fornecer testes elétricos abrangentes e programas de manutenção
Fechar Menu