Combustibilidade dos Prédios

A combustibilidade dos prédios é uma forma de avaliar o impacto que os materiais de construção têm na propagação de incêndio em um edifício. Construções combustíveis podem fazer com que o incêndio se propague rapidamente entre as áreas do prédio, o que resultaria em uma perda muito maior. Qualquer material que emita vapores inflamáveis quando aquecido é um material combustível. Os materiais combustíveis da construção são geralmente de madeira e plásticos, mas também podem incluir papel, tecido, borracha, colas, betumes e de revestimentos químicos.

O QUE PROCURAMOS?

  • Construção resistente a fogo (construção com uma resistência ao fogo de 2 horas ou mais)
  • Limitada ou nenhuma combustibilidade (a construção não contribuirá para a propagação do fogo)
  • Construção combustível (madeira e materiais similares que ajudam na propagação do incêndio)
  • Construção altamente combustível (poliestireno expandido – isopor® e materiais similares que ajudam na rápida propagação do incêndio)

IDEIAS PARA MELHORIA DO RISCO

  • Projeto de novas instalações ou ampliação das construções serem apropriadas para a ocupação planejada (e eventuais alterações).
  • Substituir os painéis isolados com espuma de poliestireno por painéis isolados com materiais não combustíveis como lã mineral ou de vidro.
  • Substituir os isolamentos de espuma aplicada por spray à base de betume ou outros materiais de construção combustíveis por materiais não combustíveis.
  • Implementar um programa de inspeções regulares para verificar a condição dos painéis e componentes combustíveis da construção.
  • Considerar a aplicação de tratamentos de resistência a incêndio (ou revestimentos) para componentes de construção de madeira (por exemplo, revestimento) para oferecer algum meio de resistência a incêndio.
Fechar Menu